A Suíça registou o primeiro caso da variante indiana do SARS-CoV-2, anunciou, este sábado, o Departamento Federal de Saúda Pública do país. O caso foi detetado num viajante num aeroporto.

De realçar que a Índia registou hoje o número máximo de mortes desde o início da pandemia: 2.624. Foram ainda contabilizados 340 mil novos casos. Com esta atualização, o país totaliza mais de 130 mil óbitos e 16,5 milhões de infeções.

A variante indiana tem uma mutação dupla que pode fazer com que o vírus evite mais facilmente a resposta imunológica do corpo, incluindo aquela produzida pela vacina.