Suíça: Sector da restauração à beira do colapso

A indústria da restauração suíça está a atravessar tempos dramáticos. Com o crescente número de restrições impostas, por razões de saúde pública, as receitas diminuíram. Muitos foram os estabelecimentos que tiveram de encerrar portas.


Se nenhuma medida for tomada, o sector poderá perder até 100.000 empregos a curto prazo, advertiu o presidente da Gastrosuisse, Casimir Platzer, na conferência de imprensa esta terça feira 27 de Outubro.


A situação é particularmente problemática nas grandes cidades. Mais de dois terços (69,4%) das empresas urbanas encontram-se atualmente com dificuldades financeiras devido à pandemia. “Quase metade de todas as empresas estão em risco de falência no início de 2021”, disse C. Platzer.


Uma em cada dez empresas será gravemente afectada.
De acordo com o Departamento Federal de Estatísticas, no primeiro semestre de 2020, cerca de 33.000 empregos já foram perdidos no sector da hotelaria e da restauração.


Dependendo da situação que nos encontramos atualmente, C. Platzer estima que se perderão dezenas de milhares de empregos adicionais. Maurus Ebneter, Presidente da Wirteverband Basel-Stadt, declarou também que a situação é preocupante: “Vamos assistir a um tsunami de falências e a uma enorme perda de empregos”.

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos