Foto de ilustração

No último sábado por volta das 10h, um motociclista português de 18 anos foi controlado a uma velocidade de 72 km/h numa rua limitada a 30 km/h. A situação ocorreu na avenida de Saugiaz em Renens onde a polícia estava presente com uma pistola laser.

O jovem tinha obtido a sua carta de condução no 17 de julho. Frente às autoridades suíças, o português reconheceu os factos e a sua carta foi retirada e libertado logo após o seu depoimento. No entanto, a sua mota não foi confiscada. O Procurador foi avisado do acontecimento.

O comunicado da Polícia do Cantão de Vaud lembra que este caso representa um crime de condutor segundo as disposições da Via Secura e o jovem é punível com uma privação de liberdade até quatro anos.

É crime quando a velocidade ultrapassada é superior a:

– mais 40 km/h em troços limitados entre 20 e 30 km/h – mais 50 km/h em troços limitados entre 40 e 50 km/h – mais 60 km/h em troços limitados a 80 km/h – mais 80 km/h em troços limitados a mais de 120 km/h.

As disposições da Via Sicura também permitem o confisco e venda do veículo do motorista a fim de evitar outras violações graves das regras da estrada pelo o motorista.

Exemplo de pistola laser da Polícia do Cantão de Vaud