Falsos polícias roubaram 3.6 milhões de francos em Zurique

Falsos polícias roubaram 3.6 milhões de francos (3,25 milhões de euros) de uma mulher no Cantão de Zurique. Por telefone, os impostores fizeram acreditar que criminosos queriam retirar as suas economias com a cumplicidade dos funcionários de seu banco.

A fraude, minuciosamente planejada, durou vários meses, informou a polícia do cantão de Zurique no seu comunicado. Em novembro, a vítima da fraude recebeu um primeiro telefonema de uma mulher que se apresentou como polícia e explicou que estava investigando uma rede de ladrões que pretendia atacar o seu banco com a cumplicidade dos funcionários.

Durante meses, a mulher recebeu uma ligação diária dos falsos policiais que a informaram sobre o avanço da investigação e pediram sigilo. Para proteger as suas economias, os falsos polícias solicitaram uma mudança para uma conta especial.

Publicidade

Os impostores falavam de maneira antipática para manipular a vítima com mais facilidade.

Em oito meses, os fraudadores conseguiram 3,6 milhões de francos suíços (3,25 milhões de euros).

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos