Em março do ano passado, uma jovem mulher foi tratada num lar de idosos porque sofria de problemas psicológicos. Foi lá que ela foi abusado por um homem português durante uma visita. O emigrante, esquizofrénico, também é suspeito de ter batido, ameaçado e violado uma ex-namorada no final do último ano. O emigrante, de 20 e poucos anos e residente no cantão de Vaud (VD), terá filmado uma das suas violações. Este ano, entre março e abril, o homem estava internado num hospital psiquiátrico quando abusou sexualmente de uma mulher em sofrimento. Detido no 28 de maio, o emigrante continua em detenção. Ele admitiu as diferentes relações considerando que as mulheres consentiram os actos. “Será o tribunal que vai determinar a responsabilidade do meu cliente e se ele pode ser julgado” disse o seu advogado Adv.° Neves.