Um homem de origem italiana e os seus filhos receberam a nacionalidade suíça, mas a mulher de nacionalidade portuguesa não a obteve. Esta decisão comunicada via Daniel Rosselat, Presidente da cidade de Nyon no Cantão de Vaud, causou alguma polémica.

A Municipaliade de Nyon também informou que é a segunda vez que uma recusa acontece nos últimos 4 anos em cerca de 700 pedidos de naturalização.

O casal informou que não vai ficar indiferente e fará tudo para que a esposa possa obter a nacionalidade suíça tal como os seus filhos.