Covid-19: Capacidade de cuidados intensivos vai chegar ao limite

Martin Ackermann

O aumento do número de pacientes admitidos em unidades de cuidados intensivos é particularmente preocupante. “Estimamos que o limite de capacidade será atingido entre 5 e 18 de Novembro se nada mudar”, disse Martin Ackermann, chefe da Task Force Covid-19 da Suíça.

Trata-se agora de reduzir ao mínimo os contactos sociais a fim de conter a pandemia do coronavírus, sublinhou o chefe da Task Force na sexta-feira na conferência de imprensa semanal em Berna. “Temos notado que as admissões hospitalares duplicam todas as semanas”, disse ainda Martin Ackermann. O mesmo se aplica ao número de internamentos em unidades de cuidados intensivos e às mortes.

Esta sexta-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS) também alertou que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. “Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. Não só estamos a ver aumentos no número de casos como aumentos no número de hospitalizações e no número de pessoas que necessitam de cuidados intensivos”, afirmou a principal responsável técnica pela resposta à pandemia de covid-19, Maria Van Kerkhove.

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos