No último sábado, um jovem português de 19 anos foi detetado a 140 km/h na estrada de Villars-Ste-Croix em direção de Sullens.

Contactado pela polícia, o jovem reconheceu o excesso de velocidade. O Procurador de serviço foi avisado e ordenou o sequestro do veículo. O seu carro foi, então, apreendido e a sua carta de condução foi retirada.

O emigrante já tinha sido condenado, algumas semanas antes, por excesso de velocidade numa autoestrada no Cantão de Neuchâtel.