No passado domingo, dia 17 de maio, um pouco antes das 14h00, a Polícia do cantão do Valais detectou um motociclista a uma velocidade de 153 km/h num troço limitado a 80 km/h, na estrada da passagem do Simplon.

O motociclista, um português de 36 anos, viu a sua carta de condução ser-lhe retirada. Posteriormente, foi denunciado não só ao Serviço dos Automóveis e da Navegação, como também ao Ministério público.

A carta poderá ser apreendida pelo prazo mínimo de dois anos, e ainda, lhe ser aplicada uma pena de privação de liberdade de no mínimo um ano.