Após vários protestos do sindicato Unia, a cadeira de restauração rápida abdicou e decidiu fechar todas as suas 170 representações na Suíça.