Covid-19: Autoridades globalmente satisfeitas com as medidas de restrição adoptadas

Lucerna

Apesar do sol e das temperaturas  superiores aos 20 graus em algumas localidades, a população respeitou grande parte das restrições sanitárias para lutar contra o coronavírus no último fim de semana. No entanto, é ainda possível obter resultados mais positivos segundo as autoridades.

Autoridades satisfeitas na parte francesa 

Em Genebra, as autoridades fizeram um balanço positivo da estratégia de informação, dissuasão e repressão mas ainda há algumas indicações para melhorar certos pontos. No sábado, três multas foram distribuídas durante o dia e 23 ao anoitecer, segundo indicou Laurent Paoliello, porta-voz do Departamento da segurança, trabalho e saúde (DSES).

Publicidade

A população compreendeu as medidas sobre a distância mínima a respeitar e a interdição de agrupamentos superiores a mais de cinco pessoas. Sobre a injunção “Fique em casa!”: ainda é possível melhorar, indicou Silvain Guillaume-Gentil, porta-voz da polícia do cantão de Genebra.

 

No cantão de Vaud, as autoridades também fizeram um balanço “bastante positivo” do respeito das regras de distância social. Houve muita gente a passear, mas menos do que habitual e as pessoas estavam dispersos. Por isso, cantão de Vaud considera estar confiante para o próximo fim de semana de Páscoa. Apesar da boa atitude geral da população, houve 161 multas no sábado (contra 188 no sábado anterior) e 123 no domingo. No total, houve 32 denúncias ao Ministério público.

No Valais (Wallis), o número de infrações “permaneceu estável em relação ao último fim de semana”, segundo Stève Léger, porta-voz da polícia. No total, houve nove denúncias ao Ministério público e 230 multas de um montante de CHF 100 cada uma. As multas foram distribuídas sobretudo a grupos de mais de cinco pessoas e pelo não respeito da distância social. De salientar que “a grande maioria da população respeitou perfeitamente as interdições”.

No cantão de Friburgo, a polícia distribuiu uma centena de multas entre sexta-feira às 16h e domingo à noite. “Apesar de uma grande maioria das pessoas respeitaram as medidas”, a polícia anunciou controles mais severos para os próximos dias.

Em Neuchâtel, a polícia constatou que a população respeitou bem as medidas nas cidades e à beira do lago. Uma dezena de multas foram pronunciadas. Todavia, houve muita gente nas Gorges de l’Areuse ou no Ceux-du-Van. Estes lugares tinham muitos suíç0s de vários cantões (Berna, Argóvia, Basileia, St.-Gallen e até do Tessino), explicou na RTN o presidente do Governo cantonal Alain Ribaux. Um fecho do acesso a estes dois lugares está previsto para o próximo fIm de semana e durante as férias da Páscoa. Uma decisão será tomada na quarta-feira.

Autoridades da parte alemã igualmente satisfeitas

 

Na parte alemã, a população também seguiu as medidas sanitárias segundo as autoridades. Em Zurique, a polícia teve que intervir várias vezes para dissipar alguns grupos e respeitar a distância social. Houve coimas distribuídas, mas não houve nenhum incidente de maior gravidade, segundo um porta-voz da polícia.

Em Lucerna, houve mais gente de saída, sobretudo no domingo, apesar de grande parte dos acessos ao lago estarem fechados. Os grupos eram pequenos e a distância social foi bem respeitada. Todavia, houve uma centena de multas.

Em Basileia, onde as temperaturas rondaram os 22 graus, as margens do Rio Rhein são ainda acessíveis aos visitantes. A polícia do cantão teve que intervir 130 vezes por violações à interdição de agrupamentos públicos.

Em Berna, houve muita menos gente de saída no sábado do que habitualmente. A frequentação foi superior no domingo, mas os grandes grupos eram raros e a distância social foi geralmente respeitada. Houve, no entanto, multas distribuidas. “Mas em relação ao fim de semana passado, muita mais gente tornou-se razoável”, comentou a polícia da capital.

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos