Segundo o grupo parlamentar, União Democrática de Centro (UDC), o Conselho Federal deve pôr fim ao que decretou sobre o Coronavírus no dia 20 de abril.

As populações de risco elevado devem continuar a ser protegidas, mas a economia e a sociedade devem ser retomadas progressivamente até voltarem ao seu funcionamento normal.

O mesmo partido, pede ainda, ao Governo para deixar de financiar a situação com o direito de urgência. A Confederação Suíça já libertou 62 biliões de francos para os vários cantões tomarem as suas próprias medidas, segundo indica a UDC (SVP em alemão).

Por fim, o Partido da Direita considera que as medidas financeiras suplementares devem ser decididas pelo Parlamento e não por uma única Delegação das Finanças.