Covid-19: Economista suíço apela a sanções contra cépticos

Willy Oggier propõe a imposição de pesadas multas àqueles que ignoram voluntariamente as regras de distanciamento social e higiene.

O economista suíço da saúde Willy Oggier apela a sanções contra os cépticos do novo coronavírus. Willy Ogier considera necessário a introdução imediata de uma base jurídica para a imposição de multas elevadas sem ter de passar por procedimentos morosos.

Os serviços de segurança privada e a polícia ferroviária também deveriam poder impor tais multas, disse Oggier numa entrevista transmitida na terça-feira pelos jornais de língua alemã do grupo de imprensa Tamedia. “Aqueles que ignoram deliberadamente as regras do distanciamento social e de higiene devem assumir a responsabilidade pelos seus actos”, acrescentou o economista.

Identificação dos cépticos

Publicidade

Willy Ogier propôs ainda “registar o nome dos cépticos à Covid-19 e, se estivessem infectados com o vírus, não lhes conceder uma cama nas unidades de cuidados intensivos se não houvesse espaço suficiente. Isto poderia servir como um sinal”, diz o economista. “Muitas vezes é necessário um malus para fazer o sistema funcionar”.

Oggier acredita que a Suíça deveria seguir o exemplo da Áustria, cujo Chanceler Sebastian Kurz é um comunicador dotado, ao tomar medidas para combater a propagação do coronavírus. De acordo com o economista, os testes massivos fazem sentido no plano político.

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos