Covid-19: Utilização e informações sobre a app SwissCovid

Utilização da app SwissCovid

Com a ajuda da app SwissCovid para telemóveis, a Suíça quer conter a disseminação descontrolada do novo coronavírus. Quanto mais pessoas usarem a app SwissCovid, maior a eficácia da aplicação. Quem tenha estado muito tempo perto de pelo menos uma pessoa que mais tarde testou positivo para o novo coronavírus, é alertado através da app para a possibilidade de um contágio e informado sobre como deve proceder. A privacidade dos utilizadores está sempre assegurada. A utilização da app é facultativa e gratuita. A aplicação pode ser descarregada a partir da App-Store da Apple e do Google Play Store.

A app SwissCovid ajuda a travar mais depressa as cadeias de transmissão do vírus

A app SwissCovid para telemóveis (Android/iPhone) ajuda a conter a propagação do novo coronavírus. Ao complementar o clássico «rastreamento de contactos» – ou seja, de novas infeções – em todos os cantões, a app ajuda a travar as cadeias de transmissão.

A app SwissCovid está disponível na Apple Store e na Google Play Store (nos seguintes idiomas: Alemão, Francês, Italiano, Reto-Romano, Albanês, Bósnio, Inglês, Croata, Português, Sérvio e Espanhol.)

Google Play Store para Android
Apple Store para iOS

A utilização da app SwissCovid é facultativa e gratuita. Quanto mais pessoas a instalarem, maior a eficácia com que esta ajudará a conter o novo coronavírus.

Como funciona a app SwissCovid?

Instale a app SwissCovid no seu telemóvel Apple ou Android. Depois disso, não terá de fazer mais nada senão ter o telemóvel junto de si com a função de Bluetooth ligada. O telemóvel transfere IDs encriptados via Bluetooth. Estes designam-se por «somas de controlo» e consistem em longas cadeias de caracteres aleatórias. Todas as somas de controlo são automaticamente apagadas do dispositivo ao fim de duas semanas.

A app mede anonimamente a distância em relação a outros telemóveis e a duração da proximidade, registando um contacto próximo sempre que este ocorra (distância inferior a 1,5 metros durante mais de 15 minutos ao longo de todo o dia). Nesse caso, é possível que tenha havido transmissão do vírus.

Notificação

Se um utilizador da app SwissCovid testar positivo para o coronavírus, recebe um código (código COVID) das autoridades cantonais. A pessoa só poderá ativar a função de notificação da app mediante este código. Ao fazê-lo, os utilizadores com quem a pessoa teve contacto próximo durante a fase de transmissão (dois dias antes do surgimento dos sintomas de doença) recebem um aviso. Inserindo o código, a notificação é enviada automática e anonimamente.

As pessoas notificadas podem ligar para a linha informativa indicada na app a fim de se informarem sobre como deverão proceder. A sua privacidade estará sempre assegurada. Se uma pessoa notificada já manifestar sintomas de doença, deverá permanecer em casa, evitar o contacto com outras pessoas, fazer a avaliação do risco ou ligar ao seu médico.

Ao adotarmos este comportamento solidário, podemos todos ajudar a interromper as cadeias de transmissão do vírus.

Proteção de dados

A app SwissCovid armazena os dados que reúne apenas localmente, no respetivo telemóvel, não enviando quaisquer dados pessoais ou de localização para locais de armazenamento ou servidores centrais. Por conseguinte, ninguém poderá rastrear a pessoa com quem teve contacto e onde esse contacto ocorreu. Quando a crise do coronavírus estiver ultrapassada, ou caso a app se revele ineficaz, o sistema será desativado.

Recebi uma notificação da app SwissCovid em como posso ter sido infetado. Tenho direito a um teste?

Sim. Logo que tenha recebido uma notificação sobre um possível contágio, poderá fazer um teste gratuitamente.
Este teste deverá identificar pessoas que já estejam infetadas, mas que ainda não tenham sintomas, só devendo ser feito pelo menos 5 dias após o possível contágio.

Se o teste der positivo, as autoridades cantonais competentes irão contactá-lo e informá-lo sobre como deverá proceder, contribuindo desta forma para conter a propagação do vírus.

Se, após ter sido advertido para um possível contágio, decidir ficar em casa, continuo a receber o meu salário?

Se recebeu uma notificação a adverti-lo para um possível contágio, ligue para a linha informativa SwissCovid (o número é indicado numa mensagem na app), onde poderá esclarecer estas questões.

Publicidade

Em princípio, a entidade empregadora não é obrigada a manter o pagamento do salário quando o trabalhador fica em casa na sequência de uma notificação sobre um possível contágio.

Apenas as quarentenas ordenadas pelas autoridades cantonais competentes dão direito ao pagamento do salário.

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos