No domingo de manhã, um prisioneiro português de 57 anos foi encontrado sem vida na sua cela na prisão de Sion no Cantão do Valais (VS).

Um agente do establecimento encontrou o homem inanimado. Apesar de várias tentativas de reanimação, o português faleceu no local. Segundo as autoridades, o emigrante não tinha qualquer problema de saúde e não esteve implicado em qualquer acto de violência antes da sua morte.

Uma investigação foi aberta para determinar as causas do falecimento.