A chamada “Fête des Vignerons” é uma festa tradicional dos viticultores, que acontece aproximadamente a cada 20 anos em Vevey. O evento pretende atrair um milhão de visitantes na cidade do cantão de Vaud.

Uma arena ao ar livre de 20.000 lugares foi construida só para o evento

Uma gigante arena de 20.000 lugares domina a principal praça de Vevey (com cerca de 20.000 habitantes), cidade localizada às margens do lago que faz fronteiro entre a Suíça e a França.

Decorado em vermelho, amarelo, verde e marrom, a arena é o elemento mais visível da próxima “Fête des vignerons”. O festival acontece a cada quarto de século.

Lavaux, Património mundial da UNESCO

De 18 de julho a 11 de agosto o evento deste ano, que celebra as tradições vitivinícolas das regiões vinícolas de Lavaux e Chablais. Desde o seu humilde início com um desfile anual de rua nos séculos XVII e XVIII, o festival organizado pela corporação dos viticultores locais, a “Confrérie des Vignerons” (Confraria dos viticultores), transformou-se num festival único de três semanas e numa festa de rua que mistura música tradicional, dança e teatro.

Daniele Finzi Pasca

Os espetáculos diários duram cerca de duas horas, encenados por Daniele Finzi Pasca – o diretor das cerimônias olímpicas de Sochi e Turim ou ainda diretor do famoso “Cirque du Soleil” – vão contar com mais de 7.000 atores, cantores, figurantes e músicos locais – quase todos voluntários. Depois disso, o espetáculo e os temas tradicionais – muitos idênticos aos que foram comemorados pela primeira vez há mais de 200 anos – se espalham pelas ruas e bares da cidade de Vevey.

A organização do evento custará cerca de 100 milhões de francos este ano, ou seja quase o dobro da edição anterior realizada em 1999. A construção da arena custou 13 milhões de francos, enquanto as luzes e o som, por si só, custaram 12 milhões de francos.

Maior sistema LED de solo do mundo em Vevey

Oito postes de 32 metros de altura equipados com 400 alto-falantes estão espalhados pela arena. Há também o maior piso de LED do mundo, um sistema de piso interativo de 870 metros quadrados sobre o qual podem ser projetadas imagens e vídeos. Há ainda mais 4 outros ecrãs LED de 50 metros quadrados ou ainda 2.000 projetores para garantir um espectáculo sensacional.

De notar que os vestidos dos figurantes e atores são pagos pelos próprios participantes no evento. Em caso de lucro poderá haver um reembolso.

“Fête des Vignerons” em 1955

O festival ainda tem uma forte atração entre os voluntários locais, mas os organizadores dizem que as pessoas parecem estar menos disponíveis do que no passado, e as empresas locais estão menos dispostas a deixar seu pessoal tirar um tempo livre para ajudar.

Um dos principais parceiros do evento é a Nestlé que tem a sua sede internacional na cidade onde foi fundada. O outro grande patrocinador será a companhia de aviação Swiss.

Este ano, foram atribuídos dias de espetáculo individuais aos difentes cantões suíços, e cada um enviará as suas próprias delegações. O festival tem sido extremamente divulgado na Suíça e no exterior – especialmente nos Estados Unidos, França e Alemanha. Houve nomeadamente um artigo (em português) na famosa revista internacional National Geographic.

Os ingressos para um dos 18 espetáculos na arena externa de 20.000 lugares variam entre 79 a 359 francos algo que suscitou alguma incompeensão para uma festa popular.