Filme “Amor Fati” de Cláudia Varejão premiado na Suíça

O filme “Amor Fati”, da realizadora portuguesa Cláudia Varejão, foi distinguido esta segunda-feira na Suíça, no âmbito do Basler Filmpreis 2020, organizado pelo departamento de Cultura do cantão da Basileia.

O júri seleccionou este trabalho entre sete filmes submetidos para o prémio de melhor longa-metragem, no valor de 18 mil euros, no âmbito da quinta edição daqueles galardões.

Publicidade

No seu filme, a cineasta, nascida em Portugal em 1980, retrata várias famílias, casais, amigos, irmãos ou animais e os seus donos. Como realizadora e camerawoman, Cláudia Varejão cria uma relação respeitosa e próxima com os seus protagonistas, o Departamento da Cultura de Basileia declarou num comunicado.

Os prémios de cinema e de arte mediática são atribuídos conjuntamente pelos departamentos culturais de ambos os cantões de Basileia (BS e BL). A base é um modelo de financiamento baseado em parcerias para produções audiovisuais e meios digitais, que foi introduzido em 2016.

Wir gratulieren ganz herzlich allen Gewinnern der diesjährigen Film- und Medienkunstpreise!

– Basler Filmpreis erhielt…

Publiée par Balimage sur Lundi 23 novembre 2020

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos