Na competição que reúne os 16 melhores mesa-tenistas da Europa, os dois representantes portugueses foram afastados nos oitavos de final.

Marcos Freitas perde no set decisivo

O primeiro set do jogo entre o austríaco Daniel Habesohn e o português Marcos Freitas foi marcado por um grande equilíbrio. Depois de Marcos Freitas ter salvado duas bolas de set, o madeirense teve por sua vez uma bola de set que acabou por desperdiçar. De seguida, o austríaco aproveitou para vencer o set por 14-12.

No segundo set, o atleta luso começou por perder 5-0 e nunca conseguiu dar a volta ao restulado. O português acabaria por perder 11-6.

No terceiro set, Marcos Freitas entrou melhor. O atleta português reecontrou todas as suas capacidades e esteve a vencer por 9-4. No entanto, o seu adversário ganhou esperança e voltou a 1 ponto (10-9) salvando várias bolas decisivas. O treinador do português pediu um time-out importante que permitiu ao atleta luso recuperar mentalmente e voltar ao jogo vencendo o set 11-9.

No quarto set, Marcos Freitas voltou a entrar melhor e a dominação foi clara ganhando o set por 11-4. Estava feito o empate na partida (2-2).

No quinto set, o mesa-tenista luso entrou melhor mas o austríaco não queria abdicar. O set ficou marcado por várias recuperações de ambos os atletas. O primeiro atleta a ter uma bola de set foi o português que não desperdiçou a ocasião e venceu por 11-9. No total dos sets, o português passava para frente (3-2) e ficava a um set da vitória.

No sexto set, a pressão estava do lado do austríaco. A incerteza no resultado foi dominadora até ao fim. O atleta da Áustria teve duas bolas de set (10-8) que aproveitou para vencer por 11-8. Habesohn empatou a partida 3-3 deixando tudo em aberto para o último e decisivo set.

No último set, Daniel Habesohn começou melhor e esteve a vencer por 5-2 mas o melhor mesa-tenista português conseguiu empatar rápidamente (5-5). Ajudado pela rede, Habesohn teve três bolas para vencer o confronto (10-7). A segunda foi decisiva e valeu a vitória final do austríaco (11-8).

Tiago Apolónia sem hipóteses frente ao favorito

No dia anterior, Tiago Apolónia teve a má sorte de ser sorteado frente ao alemão Timo Boll que é o principal favorito na competição.

No primeiro set, o mesa-tenista português nada conseguir fazer paea impedir o alemão de vencer (11-3). O segundo set foi muito parecido com o primeiro e Timo Boll venceu por 11-4. No entanto, Tiago Apolónia defendia-se bem frente ao melhor jogador Europeu. Com Marcos Freitas nas bancadas para apoiar o seu compatriota, Apolónia continou de protagonizar grandes jogadas sem nunca as concretizar. O terceiro set voltou a sorrir ao alemão (11-5). No quarto set, o atleta português continuou a não abdicar frente ao 5° melhor jogador do Mundo mas o favorito acabou por vencer outra vez 11-5.

Tal como Marcos Freitas, Tiago Apolónia foi eliminado nos oitavos do Top 16 Europeu.