Portuguesa e Suíça detidas por suspeitas de maus-tratos a crianças

A intervenção policial surgiu após uma denúncia de maus tratos, nomeadamente gestos bruscos e linguagem inapropriada, segundo o comunicado.
A intervenção policial surgiu após uma denúncia de maus tratos, nomeadamente gestos bruscos e linguagem inapropriada, segundo o comunicado.

Duas educadores de uma creche na região de Lugano foram detidas depois de terem sido interrogadas, disse sábado o Ministério Público do Ticino. A investigação em curso diz respeito a suspeitas de coacção, danos corporais simples, vias de facto e violação do dever de assistência e educação.

Publicidade

A intervenção policial surgiu após uma denúncia de maus-tratos, nomeadamente gestos bruscos e linguagem inapropriada, segundo o comunicado. As duas suspeitas são uma mulher portuguesa de 41 anos e uma suíça de 24 anos, ambas residentes na região.

Até agora não foram encontradas provas de maus-tratos por outras educadoras da instituição, afirmou o Ministério Público. Este último não divulgará qualquer outra informação.

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos