A Jucker Farm e as suas abóboras

A abóbora dá o tom – As cores comuns de outono – laranja, vermelho, marrom e amarelo – fazem total sentido na Suíça. Uma das tradições que começa no final de agosto anunciando a chegada do outono são as abóboras, aquelas usadas na época do halloween.

Logo dos Rolling Stones feito de abóboras

A diversidade do fruto é grande e pode ser vista em uma das maiores quintas produtoras, a Jucker Farm (Juckerhof em alemão), em Zurique. A fazenda, que fica há 30 minutos de Zurique, é o maior fornecedor de abóboras para os supermercados suíços. O local é aberto ao público, que pode comprar abóboras, entre outras frutas e verduras. No espaço também são realizados eventos, entre eles uma exposição com várias esculturas feitas com abóboras.

Martin e Beat Jucker

Foi em 1997 que os irmãos Martin e Beat assumiram as terras dos pais. Decidiram então investir no cultivo de abóboras e dois anos depois, numa exposição com elas. O sucesso foi gigantesco. Em dois meses, 320 mil pessoas visitaram a festa da abóbora.

Os Jucker viram que havia uma oportunidade enorme de trazer as pessoas da cidade para o campo. Atualmente trabalham no lugar cerca 150 funcionários para realizar as atividades do dia a dia da quinta e atender os visitantes. Não se paga nada para entrar na Jucker Farm. Pode-se passar o dia inteiro lá sem gastar um único franco suíço. Mas é difícil resistir a tantas tentações culinárias – tudo preparado de maneira caseira, com ingredientes saudáveis e tirados da horta.

Este ano, as obras são relacionadas com o tema da “música”.

Agora, na época da colheita da abóbora, os mais diferentes quitutes feitos com o fruto são comercializados: sopas, geléias, sementes com diferentes sabores (chocolate, pimenta), pães e até salaminho com abobóra. Variedade e criatividade é o que não falta para os Juckers.

Mais de 20 anos depois da primeira festa da abóbora, ainda hoje, é a celebração dela que atrai multidões até Seegräben. Todos os anos, no mês de outubro, a fazenda é enfeitada com enormes esculturas feitas com abóboras. A cada ano é escolhido um tema. Este ano o tema escolhido foi o da música. Por isso, você poderá encontrar vários insrtumentos ou representaçãos musicais feitos só com abóboras. Se você já foi à Jucker Farm, cada ano é totalement diferente!

Este ano, Berni Meier venceu o concurso nacional com uma abóbora de 950 quilos!

Durante o festival também há uma premiação para o agricultor que for dono da maior abóbora Suíça. Em 2014, Beni Meier conseguiu bater o recorde mundial com uma abóbora de 1.054 quilos! Este ano, o mesmo agricultor aprensentou-se com uma abóbora de “apenas” 950 quilos.

E pela quinta toda, você poderá encontrar centenas de espécies diferentes do fruto. Tem abóbora de todos os tamanhos, cores e formas, cada uma mais apropriada para um tipo de receita.

Publicidade

Martin e Beat Jucker souberam como poucos dar continuidade ao negócio da família, mantendo a paixão e o respeito pela terra, mas também, provando que é possível ganhar dinheiro convivendo de maneira harmônica e sustentável com a natureza.

Em 2018, um dragão esteve exposto na Jucker Farm.

Eles também plantam maçãs. E claro, vendem suco, geleias, a fruta seca e tudo o que se possa fazer a partir delas. Lá tem até um espaço para as crianças brincarem e nele há três labirintos feito com cerca de 6.000 macieiras. Em um deles, ao chegar ao meio, o visitante encontra uma “árvore do desejo”, onde pode pendurar uma fita de tecido com seu desejo. Os mais novos também podem ajudar a fazer suco de maçã, colocando as frutas na máquina.

Labirinto feito com macieiras

A quinta está aberta ao público o ano inteiro com restaurante aberto tanto na hora do almoço e do jantar. A Jucker Farm fica na cidade de Seegräben (Dorfstrasse 23), no cantão de Zurique.

A Jucker Farm abre diariamente, inclusive nos feriados, com ingresso gratuito.

  • De junho a setembro: das 9h às 22h.

  • Maio e outubro: das 9h às 18h.

  • De novembro a abril: das 9h às 17h.

Publicidade
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on pinterest

Outros Artigos